Brasil
AEC - Somos uma associação de empreendedores empretecos

Cadastro AEC

 

Mais sobre Empreendedorismo


O lado bom do fracasso no mundo dos negócios

 


Parece enredo de filme: empresária que começou negócio milionário do zero quase perde tudo quando o marido (e principal sócio) tem um caso com uma funcionária.

Mas foi exatamente isso o que ocorreu com a britânica Michelle Mone, sócia da confecção multinacional de lingerie Ultimo, que tem faturamento anual de US$ 78 milhões (quase R$ 280 milhões).

Depois de um divórcio que ganhou as páginas dos tabloides e que fez o casal travar uma verdadeira batalha judicial, Mone teve que encontrar novos investidores para comprar a parte do ex-marido no negócio. Era o começo de sua volta por cima.

Há algumas semanas, ela foi apontada pelo governo da Grã-Bretanha para liderar uma iniciativa de incentivo a start-ups para atuarem em áreas onde há mais desemprego.

"Enfrentei muitos dramas na minha vida, em momentos em que podia ter perdido tudo", conta, descrevendo sua experiência como um ótimo exemplo de resiliência nos negócios. "O que fiz foi trabalhar mais e encontrar um jeito de avançar. Se você não desistir, você vai encontrar um jeito. É algo que sempre senti em minha carreira."

A resistência de Mone foi construída da maneira mais difícil – por meio de uma situação pessoal que ela não deseja para ninguém. Mas como podemos aprender a ter essa qualidade que é tão essencial hoje em dia?

Começando pelas bases

Aprender com uma experiência negativa é uma boa maneira de melhorar a resistência. Mas, segundo Derek Mowbray, diretor da consultoria em liderança WellBeing and Performance Group, não é preciso chegar à beira da falência para isso: adotar a atitude certa ajuda e muito.

"A resiliência é um jeito de reagir a acontecimentos desafiadores. É basicamente uma escolha", define Mowbray.

Ter a presença de espírito necessária para realizar uma apresentação a um cliente mesmo que algo imprevisto aconteça é um exemplo de resistência.

"Quando alguma coisa grave ocorre, temos que aprender a ter uma atitude robusta para lidar com o problema com as nossas próprias habilidades", explica o consultor. "Ajuda muito acreditar que você não vai errar."

Para ele, essa crença em si mesmo está no cerne da resiliência.

Artigo completo AQUI.

 

Voltar Home

 

 

Agenda de Eventos

Palavra do Presidente

João Carlos Semedo Mendes
Ações e objetivos

Diversas parcerias comerciais estão sendo firmadas. A ampliação de nossa interação com associações de empretecos em todo o país será uma constante.

 

Copyrights AEC - Todos os direitos reservados